Pesquisa e Leitura

Seja bem-vindo à Sala de Referência e Leitura Virtual do Arquivo! Encontra-se no espaço onde pode aceder a diversas funcionalidades. Todo o seu relacionamento com o ADP passará por aqui.

Conheça os Projetos do ADP

Neste espaço, poderá conhecer os vários projetos do ADP, os já realizados ou ainda em curso. Surpreenda-se!
Este mês, "40 anos de 25 de Abril, 40 documentos"

 

Tema do mês

Para divulgar a documentação que custodia e os serviços técnicos e funções que lhe estão legalmente afetos, o Arquivo Distrital do Porto dinamiza o projeto “Tema do mês”, apresentando, todos meses, um novo Tema. Descubra o deste mês!

Projeto do mês Arquivo Distrital do Porto

...

Arquivo Distrital do Porto - Cedência de espaços

 

 As instalações do Arquivo Distrital do Porto possuem espaços passíveis de ser utilizados em para fins diversos, nomeadamente para ações de caráter cultural e educativo.

 

N.º

Espaço

Área em m2

1

Sala de exposições 178

2

Sala de conferências/colóquios 104

3

Sala de extensão educativa 58

4

Pátio do claustro (área não coberta) 377

 Sala de Leitura (em casos excecionais) 131
Arquivo Distrital do Porto - Cedência de espaços
Espaço 1
Arquivo Distrital do Porto - Cedência de espaços
Espaço 2
Arquivo Distrital do Porto - Cedência de espaços
Espaço 3
Arquivo Distrital do Porto - Cedência de espaços
Espaço 4
Arquivo Distrital do Porto - Cedência de espaços
Espaço 5

 

Estes espaços constituem módulos que poderão ser cedidos isoladamente, em conjunto ou em grupos.

 

Serviços

Pessoal de apoio ao bengaleiro.

Segurança

1. A vigilância e segurança são da inteira responsabilidade da entidade contratante.

2. A entidade contratante responsabilizar-se-á pelos danos eventualmente causados, desde que motivados pela falta de cumprimento das indicações previamente apresentadas por este Arquivo Distrital, pelo que se exige a assinatura de um termo de responsabilidade.

Serviço de bar

O Arquivo Distrital não dispõe de serviço de bar mas permite que a entidade contratante organize o seu serviço próprio, facilitando este organismo as instalações para o efeito.

Regulamento da cedência de espaços

Arquivo Distrital do Porto - Recursos informacionais

  

Neste local encontra os documentos referenciados nas diversas secções deste sítio (formulários, tabelas, documentos técnicos, legislação).

 

Arquivo Distrital do Porto [>]
Formulários [>]
Relatórios e informação técnica [>]
Comunicações em reuniões técnicas e científicas Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB)
Conselho Internacional de Arquivos (ICA)
Legislação

Arquivo Distrital do Porto
Cadastro dos Fundos
Tabela de preços de reproduções e outros serviços
Regulamento do serviço de referência e leitura

Formulários
Aquisições de arquivos (incorporações, doações…) Form.Word / Form. Pdf
Pedido de visita Form.Word / Form. Pdf

Relatórios e informação técnica
Relatórios do projeto DigitArq
Módulo conversão/descrição
Módulo arquivo digital (GOD)
Métricas de aplicação de OCR e anotação
Pesquisa (interna/externa)
Digital Project (brief version in english)

Comunicações em reuniões técnicas e científicas
Melhoria dos processos organizacionais no Arquivo Distrital do Porto - Jornadas "“A Gestão de Informação na Era Digital”, Trofa, Abril 2007.
Consulta Real em Ambiente Virtual: implementação de uma sala de referência e leitura virtual num arquivo – 9.º Congresso da BAD, Ponta Delgada, 2007.
Um olhar sobre a conservação no percurso do património documental do Arquivo Distrital do Porto – IPCR, Lisboa, 2006.
DIGITARQ: Gestão e Serviços ao Utilizador – 2.º Congresso Nacional da Administração Pública: "Projetos de Mudança", Lisboa, 2004.
Arquivo digital: gestão e serviços ao utilizador – 8.º Congresso da BAD, Estoril, 2004.
O Tratamento dos Arquivos Judiciais – Olhares cruzados entre arquivistas e historiadores, IANTT, 2002.

 

Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e Bibliotecas (DGLAB)
Codificação do nome dos Municípios e das Freguesias
Codificação do Nome dos Municípios e das Freguesias (Introdução).
Codificação do Nome dos Municípios e das Freguesias. Guia para a elaboração de cadernos de encargos e avaliação de software de sistemas electrónicos de gestão de arquivos.
MIP: Metainformação e Interoperabilidade no Contexto do Governo Electrónico.
Planos de preservação digital: recomendações
Governo eletrónico e interoperabilidade: documento metodológico para a elaboração de um esquema de metainformação para a interoperabilidade (MIP) e uma macroestrutura funcional (MEF) ODA – Orientações para a Descrição Arquivística
Descrição da documentação. Orientações para a Gestão de Documentos de Arquivo no Contexto de uma Reestruturação da Administração Central do Estado SIADE – Sistemas de Informação de Arquivos e Documentos Eletrónicos: Recomendações para a gestão de documentos de arquivo eletrónicos.
Caderno 1: Contexto de suporte
Caderno 2: Modelo de requisitos para a gestão de arquivos eletrónicos Tabela de seleção das funções meio.

 

Conselho Internacional de Arquivos (ICA)
Documentos de Arquivo Eletrónicos: manual para arquivistas.
ISAD(G) - Normas Gerais Internacionais de Descrição em Arquivo.
ISAAR (CPF) - Norma Internacional para os Registos de Autoridade Arquivística relativos a Instituições, Pessoas Singulares e Famílias.
Manuel de traitement des archives d'architecture, XIXe-XXe siècles / A guide to the archival care of architectural records: 19th-20th centuries
Os Arquivos das ONG, uma memória a partilhar. Guia prático em 60 perguntas
Relatório do Sub-comité sobre os instrumentos de descrição: orientações para a preparação e apresentação de instrumentos de descrição.

 

Legislação
Portaria n.º 192/2012, de 19 de Jun. Determina a estrutura nuclear dos serviços e as competências das unidades orgânicas da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB)
Decreto-lei n.º 103/2012, de 16 de Mai. Estabelece natureza, missão e atribuições da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB)
Decreto-lei n.º 47/2004. Regime Geral das Incorporações
Lei nº 107/2001, de 8 de Set. Estabelece as bases da política e do regime de proteção e valorização do património cultural.
Lei n.º 6/94, de 7 de Abr - Aprova o Regime do Segredo de Estado
Lei n.º 14/94 de 11 de Mai - Altera o Decreto Lei n.º 16/93
Decreto-lei n.º 16/93, de 23 de Jan.. Estabelece o regime geral dos arquivos e do património arquivístico.
Decreto-lei n.º 121/92, de 2 de Jul. Estabelece os princípios de gestão de documentos relativos a recursos humanos, recursos financeiros e recursos patrimoniais dos serviços da administração directa e indireta do Estado
Decreto-lei n.º 447/88, de 10 de Dez . Regula a pré-arquivagem da documentação.
Decreto-lei n.º 149/83, de 5 de Abr. Regulamenta o funcionamento dos arquivos distritais e bibliotecas públicas e arquivos distritais.

Política de Privacidade e Condições de Uso

O sítio www.adporto.pt na Internet, propriedade do Arquivo Distrital do Porto (ADP) com sede na Rua das Taipas, 90, 4050-598 Porto, com n.º de pessoa colectiva n.º 600022269, contém informação de carácter público, cuja leitura e interpretação nunca deve ser retirada do contexto ou abusivamente utilizada sem a correcta citação da fonte e data de publicação.

O sítio foi concebido e é actualizado de forma a procurar compatibilizar a informação que contém com os sistemas operativos e programas de navegação na Internet mais utilizados na comunidade internacional.

Este sítio foi construído tendo em conta o máximo possível das especificações sobre acessibilidade dos cidadãos com necessidades especiais, de acordo com as Resoluções do Conselho de Ministros n.º 97/99 e n.º 155/2007 e orientações da Iniciativa Nacional para os Cidadãos com Necessidades Especiais na Sociedade da Informação (RCM 96/99).

A qualquer utilizador é facultado o acesso ao sítio na Internet que se encontra em www.adporto.pt nos termos seguidamente descritos.

Como utilizador, se não concordar com as condições de uso e privacidade, não utilize este sítio web nem quaisquer dos seus recursos ou serviços disponibilizados.

1. O ADP pode solicitar determinadas informações pessoais através do preenchimento de formulários em linha. O seu preenchimento é totalmente voluntário mas pode ser necessário para acesso a alguns serviços disponíveis por este meio e pode implicar a indicação de dados pessoais como o nome, o domicílio, o endereço de correio electrónico ou outros elementos de identificação pessoal.

2. Os dados pessoais recolhidos através do sítio na Internet do Arquivo Distrital do Porto são processados automaticamente e destinam-se à organização e actualização da informação necessária para processar pedidos de serviços de reserva, consulta, pesquisa e reprodução, de acordo com o previsto na legislação relativa à protecção de dados pessoais, sendo o seu tratamento da responsabilidade da Direcção do Arquivo Distrital do Porto.

3. O acesso a essa informação é sempre facultado ao próprio titular dos dados, que tem direito à actualização e correcção dos mesmos para o que se lhe disponibiliza um acesso pessoal com o seu número ou código de utilizador e a respectiva senha pessoal de carácter único e intransmissível que o próprio pode alterar.

A omissão dos dados pessoais ou a sua inexactidão são susceptíveis de impedir o processamento do pedido do utilizador.

4. É garantido pelo ADP a confidencialidade de todos os dados alojados nos servidores da sua responsabilidade, incluindo as notas pessoais do utilizador, respeitando escrupulosamente todas as determinações legais.

5. Todos os conteúdos deste sítio na Internet, designadamente, informações, desenhos ou marcas foram desenvolvidos pelo Arquivo Distrital do Porto ou por outras entidades sob contrato e devidamente identificados.

6. Os conteúdos, bens e serviços incluídos neste sítio podem ser objecto de direitos exclusivos, de propriedade industrial ou intelectual, pertencentes ao ADP ou a outras entidades. É expressamente proibido copiar, reproduzir, modificar, exibir, transmitir ou divulgar, por qualquer forma ou para qualquer fim, os conteúdos deste sítio, bem como os bens incorpóreos, que forem sujeitos a direitos exclusivos.

7. É, porém, permitido a quem aceda ou utilize este sitio, copiar informação nela contida para o seu computador desde que essa cópia se destine ao seu uso privado e não a fins comerciais e não elimine ou modifique, por qualquer forma, as referências aos direitos do ADP que incidam sobre os conteúdos ou de outras entidades aí referidas como sendo titulares de direitos exclusivos.

8. O logótipo do Arquivo Distrital do Porto deve ser utilizado sempre que um utilizador pretenda incluir informação disponibilizada pelo Arquivo em hiper-documentos, bem como a hiper-ligação ao sítio do Arquivo (www.adporto.pt).

9. A aquisição de produtos ou a prestação de serviços não implica, pelo Arquivo Distrital do Porto ou por qualquer prestador de serviços ou fornecedor de produtos através deste espaço, a concessão ao utilizador de qualquer direito de propriedade intelectual ou industrial. Assim, qualquer pessoa que reproduza documentação do ADP, por quaisquer meios legalmente fornecidos por este Arquivo, é totalmente responsável por qualquer violação subsequente à lei dos direitos de autor.

10. As hiperligações (ligações electrónicas) existentes no sítio do ADP não devem ser interpretadas como oferta de conteúdos, bens ou serviços existentes no local da Internet a que se facilita o acesso, nem como uma garantia de qualidade e de veracidade do seu conteúdo. Ao aceder a esses espaços, através dessas hiperligações, o utilizador reconhece que o ADP não exerce qualquer controlo sobre os conteúdos, bens e serviços oferecidos por terceiros através das referidas hiperligações, pelo que a utilização da informação obtida através da mesma é feita sob inteira responsabilidade do utilizador.

11. A informação relativa a quaisquer conteúdos ou serviços existente no sítio web pode ser modificada pelo ADP sem aviso prévio, em qualquer momento, desde que se tenham verificado alterações dos seus pressupostos legais ou tal seja do interesse do próprio Arquivo, para garantir a qualidade e eficácia do serviço público prestado através da Internet.

12. O ADP não se responsabiliza por falhas na rede Internet alheias aos servidores e serviços directos da sua responsabilidade. Contudo, reserva-se o direito de interromper ou suspender o acesso, nomeadamente por necessidade de proceder a acções de conservação e manutenção ou qualquer outro tipo de alteração na sua rede de dados. 

SCROLL TO TOP